Dá para diagnosticar a síndrome da fadiga crônica no sangue?